Complicações

Os sintomas das diabetes podem se agravar levando a complicações severas. Porém, é importante ressaltar que essas complicações são muito menos comuns e severas quando ocorre um controle dos níveis de açucar no sangue, com taxas que podem ir de 40 a 200 mg/dl. Para isso é importante que os profissionais de saúde conscientizem os pacientes a se livrar de hábitos prejudicais à saúde. Estes incluem o tabagismo, colesterol elevado (controle ou redução da dieta, exercícios e medicações), obesidade, pressão sanguínea alta e sedentarismo.

As complicações causadas pela diabetes se dão basicamente pelo excesso de glicose no sangue, sendo assim, existe a possibilidade de glicosilar as proteínas além de retenção de água na corrente sanguínea, e retirada da mesma do espaço intercelular.

Complicações Agudas:

* Cetoacidose ácida;

* Coma hiperosmolar não-cetótico;

* Hiperglicemia;

* Coma diabético;

* Amputação.

Complicações Crônicas:

* Aterosclerose;

* Hipertensão ( por aumento de H2O no sangue, além da glicolisação irregular do colágeno e proteínas das paredes endoteliais o que pode causar tromboses por todo sistema circulatório );

* Tromboses e coágulos na corrente sanguínea;

* Problemas dermatológicos ( por desnaturação de proteínas endoteliais);

*  Pé diabético;

* Problemas neurológicos principalmente no pé, com perda de semsibilidade e propiocepção;

* Dificuldade em coagular o sangue;

* Problemas metabólicos generalizados.



 


Fonte da Figura: www.sinmedrn.org.br